EQUIPES DE ALTO DESEMPENHO: COMO FORMÁ-LAS EM SUA EMPRESA?

junho 2, 2016 2:27 pm

Alto Desempenho

 

O conceito de equipes de alto desempenho, responsáveis por resultados expressivos em suas áreas de atuação, como elevação do número de vendas, redução do tempo de trabalho e aumento da satisfação dos clientes, tem sido amplamente discutido.

Mas o que são, de fato, equipes de alto desempenho? Quais são as suas principais características e o que isso tem a ver com a sua empresa?

De acordo com a literatura relacionada à gestão, as principais diferenças entre as equipes tradicionais e as equipes de alto desempenho estão relacionadas ao nível de aprendizado, ao grau de hierarquia existente na organização, à visão sistêmica dos profissionais e ao grau de valorização de características técnicas e interpessoais dos membros pela organização.

Empresas que possuem equipes de alto desempenho valorizam o aprendizado por parte de seus membros e possuem práticas de compartilhamento de informações. Diferente das equipes tradicionais, que possuem muitos níveis de gerenciamento e alto grau de hierarquia entre gerentes e subordinados, nas equipes de alto desempenho a relação torna-se mais horizontalizada, de modo que os funcionários possuem um maior grau de autonomia e liberdade. Além disso, os funcionários possuem total compreensão do impacto de suas funções no produto ou serviço final.

Outra diferença marcante é que empresas que possuem equipes tradicionais geralmente valorizam demais as habilidades técnicas dos funcionários, sobrepondo-as às habilidades interpessoais. Em oposição, as organizações marcadas por equipes de alto desempenho buscam alcançar o equilíbrio entre habilidades técnicas e características como a liderança, comunicação, colaboração, entre outras.

Conforme as pessoas possuem mais conhecimento sobre a organização, mais liberdade para se comunicar com seus superiores e maior entendimento sobre a função que exercem, passando a trabalhar em um ambiente colaborativo, o contexto torna-se cada vez mais favorável ao bom desenvolvimento do trabalho. Essa evolução demonstra porque tais equipes conseguem alcançar resultados expressivos e altos níveis de produtividade.

Após ter o contato com o conceito de equipes de alto desempenho, o questionamento que surge por parte dos gestores é: Como fazer que as equipes da minha empresa possuam este perfil?

A solução está presente em todo o caminho que o profissional percorre dentro da empresa, desde o processo de recrutamento e seleção até os processos internos que os Recursos Humanos realizam com os membros.

No processo de recrutamento e seleção, as empresas devem focar não apenas nas características técnicas do profissional, mas se o perfil do trabalhador é compatível com o perfil da vaga ofertada. Além disso, é importante analisar como o candidato trabalha em equipe e como se relaciona com as outras pessoas. Geralmente, testes psicológicos e dinâmicas de grupo são oferecidos por empresas de recrutamento e seleção para avaliar os candidatos nestes aspectos.

Ferramentas de RH para formação de equipes de alto desempenho

Duas ferramentas que podem ser utilizadas pelo R.H. para contribuir com a formação de profissionais de alto desempenho são a Avaliação de Desempenho e as Políticas de Incentivo:

  1. Avaliação de Desempenho: permite realizar um mapeamento dos pontos positivos e de melhoria dos profissionais, facilitando o reconhecimento do profissional por suas boas práticas e a criação de planos de desenvolvimento individual para atacar as características deficitárias.
  1. Políticas de Incentivo: estão relacionadas à valorização do bom desempenho do profissional por meio de recompensas como premiações, remuneração variável, entre outras.

Diante de tudo isso, vemos que o foco no desenvolvimento dos membros é uma ação que gera resultados benéficos, tanto para eles quanto para a empresa que poderá formar profissionais de alto desempenho, futuramente responsáveis por alavancar os resultados da organização.

 

Escrito por: Rodrigo Saliba, Gerente de Projetos – UCJ.

 

Leia também:

RH

Primeiros passos para uma boa gestão de pessoasHR Analytics

 

HR Analytics: um novo passo para o gerenciamento de RH

 

 

 

Palavras-chave: , , ,

Categoria: ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *