Estratégia de Marketing: Importância e Implementação em sua Empresa

janeiro 13, 2017 5:00 pm

marketing-board-strategyAo falarmos de Marketing, a grande maioria das pessoas, pensa em publicidade, propaganda e em como atrair seus clientes por meio da atuação nesses canais. Durante seus primeiros anos, o papel do marketing evolui, no que, Kotler define em Marketing 1.0 – onde o seu papel dizia respeito a vender produtos fabricados a todos que quisessem comprá-los, logo, a grande massa.

Com o passar dos anos, as tendências modificaram-se, os desejos desse público, não obstante, acompanharam e alcançamos uma nova fase, o Marketing 2.0 – surgiu na era da informação, onde os clientes, possuem recursos práticos de comparação dos produtos no mercado e possuem o senso crítico para analisar e escolherem o que será mais benéfico para eles – o grande desafio é o de conquistar o cliente pelo produto, havendo então, uma segmentação desse mercado e a eventual sabotagem dos concorrentes para o aumento do próprio market share. Na atualidade, o Marketing 3.0 possui o foco no cliente – tal como o 2.0 – com a diferenciação de que este aprofunda-se no cliente, entende as suas aspirações pessoais, profissionais, seus desejos e anseios.

 

Em tempos de crise, o Marketing 3.0 ganha ainda mais importância, devido às rápidas mudanças a qual os consumidores estão submetidos no campo social, econômico e ambiental. Empresas que adotam tal perspectiva, mostram-se alinhadas com o seu público nessas vivências, pois o problema que ela vive será solucionado com a aquisição do produto ou contratação de um serviço. O processo de proposição de valor nessa abordagem está interligado ao âmbito espiritual, emocional e funcional, todos eles alinhados ao desejo desse consumidor.

 

Dessa maneira, como realizar um Marketing Estratégico que represente o que você, a empresa, possui como diferencial e se mantenha alinhado com as expectativas do cliente?

 

A primeira tarefa então é a realização de um Estudo Mercadológico, que se inicia com o entendimento do mercado o qual está inserido o seu modelo de negócio, analisar os dados de mercado, tal como o seu crescimento, a percepção do consumidor do mercado e quais ramos já foram explorados pelos seus concorrentes.  Posterior à essa análise é necessário fazer um estudo quanto aos seus concorrentes, onde dado a percepção adquirida do mercado, o objeto de análise será o posicionamento dos concorrentes diretos e indiretos e a eficiência dos mesmos, analisar quais foram as tomadas de decisão recentes dado à uma repentina mudança do mercado e ao cenário macroeconômico atual. Por fim, a pesquisa terá como foco o cliente; essa última análise é feita por último de forma estratégica, pois leva em consideração todas as percepções que foram obtidas com os estudos anteriores.

Você quer entender o que falta para o consumidor, o que ele pensa, qual alinhamento em questão à visão, missão e valores o atrairia à uma empresa? Esses insumos – obtidos por meio da aplicação de questionário, grupo focal – devem ter como meta dois pontos de referência: uma visão quantitativa – para entender a extensão geral do mercado que você se inseriria – e uma visão qualitativa – para formalizar o alinhamento de desejo desse consumidor com a proposição de valor que o seu modelo de negócio oferecerá e como você atingirá esse público.

 

Feito todo esse Estudo Mercadológico, o próximo passo é a definição finalística de quem é de fato o seu público-alvo, e com essa especificação, definir quais serão as estratégias necessárias de captação, conversão, fechamento de uma venda/serviço e por fim, a de fidelização desse cliente.

 

Escrito por: Gabriel Gandra – Gerente de Projetos

Palavras-chave: , , , ,

Categoria: , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *