Inove com sucesso usando o Business Model Canvas

novembro 22, 2016 10:00 am

Não é novidade que inovação é a palavra do momento no mundo dos negócios, mas você realmente sabe como inovar? Conhece o Business Model Canvas e outrasferramentas para obter sucesso nessa nova empreitada?

Neste artigo você verá os benefícios de utilizar em sua empresa ou start up o Canvas para entender o seu plano de negócios.

canvas

Você sabe o que é um Business Model Canvas?

O Business Model Canvas, ou, simplesmente Canvas é uma ferramenta criada pelo teórico suíço Alexander Osterwalder por volta dos anos 2000 e que busca, de maneira estratégica e visual, modelar um negócio inovador com potencial de projetar os empreendimentos do futuro. Sua metodologia consiste em estruturar um quadro a partir de nove componentes principais, sendo eles:

  1. Segmento de Clientes
  2. Proposta de Valor
  3. Canais
  4. Relacionamento com Clientes
  5. Fontes de Receita
  6. Recursos Principais
  7. Atividades Chave
  8. Parcerias Principais
  9. Estrutura de Custo

Dessa forma, o Canvas se estrutura assim:

business-model-canvas

O modelo oferece diversas vantagens ao empreendedor, como por exemplo, ganho na agilidade do processo estratégico, já que é uma ferramenta flexível e de fácil compreensão, podendo ser alterado de acordo com a necessidade encontrada.

Outra vantagem obtida com a utilização do modelo de Canvas tradicional é a facilidade de visualização e explicação do modelo, mostrando os principais pontos que devem ser levados em consideração na hora de tirar uma ideia do papel. Seja para executar uma ideia completamente irreverente e inovadora ou repensar algum produto/serviço, o Canvas pode ser a solução para a sua estratégia de atuação.

Como este modelo gerou resultados surpreendentes em inovação, outros desdobramentos foram estudados e desenvolvidos, inclusive, pelo próprio autor. Um segundo modelo bastante conhecido, principalmente por desenvolver propostas de valor inovadoras, é baseado no livro Value Proposition Design, focando os esforços na proposta de valor e nos segmentos de clientes, entendendo detalhadamente a dinâmica entre estes dois grupos e propondo soluções consistentes.

Conheça um pouco mais sobre o Canvas de Proposta de Valor

Funcionando como um zoom sobre os quadros diretamente relacionados ao produto e ao cliente, essa extensão do modelo tradicional aborda perguntas chave que constituem o coração de um modelo de negócio eficiente. As perguntas “O que” e “Para quem” representam a essência de um Canvas e garantem um processo de inovação consolidado e com falhas reduzidas.

Seguindo a proposta do Canvas de Modelo de Negócios, este também possui uma interface bastante visual e dividida em quadrantes com características específicas, como ilustrado abaixo:

canvas-da-proposta-de-valor

A construção inicia-se pelo lado direito, onde encontramos a perspectiva cliente dividida em três blocos: Tarefas do Cliente, Dores e Ganhos. Indo de encontro com o lado esquerdo, é possível identificar a segunda perspectiva dividida também em três blocos: Produtos/Serviços, Criadores de Ganho e Alívio de Dores, englobando a proposta de valor.A

Perspectiva do Cliente

No lado direito deve-se identificar as Tarefas do Cliente: atividades que você está ajudando o seu cliente a realizar, tentando entender um pouco de sua rotina e necessidades. Já nos outros dois blocos, deve-se entender quais as principais dores do cliente ao realizar as tarefas, quais os problemas enfrentados por ele ou o que ele não gosta naquela tarefa. Em contrapartida, deve-se levantar os ganhos que o cliente teria com a execução da tarefa. Aqui vale evidenciar além dos ganhos esperados, o que ele desejaria ou o que o surpreenderia positivamente.

A Proposta de Valor

Preenchida a primeira perspectiva, passa-se à Proposta de Valor, no lado esquerdo. Nela, deve-se enumerar os produtos/serviços que você oferece ao cliente com o intuito de auxiliar a execução das tarefas propostas anteriormente. O segundo bloco, denominado Criadores de Ganho, é responsável por identificar como o seu produto ou serviço está gerando valor para o cliente. Ou seja, quais os benefícios que o seu cliente enxerga no seu produto? Por fim, no quadrante Alívio de Dores, deverão estar presentes as maneiras como seu produto ou serviço impactará as dores mencionadas com o intuito de reduzi-las. Dessa maneira, é possível ter uma visão clara de qual o problema enfrentado pelo cliente e como você irá fazer para saná-lo.

O Value Proposition Desing tem como objetivo auxiliar na criação de soluções inovadoras através de um pensamento sistemático e metodológico, deixando claro como impactar os clientes e diminuir os riscos de inovar em um ambiente de incerteza.

Após a formulação de uma proposta de valor consistente e alinhada com o mercado, é fundamental ampliar a visão acerca do negócio, elaborando um Canvas tradicional completo, com todos os quadros inerentes ao negócio, deixando claro principalmente as fontes de receita, custo e meios necessários para entregar a proposta de valor desenvolvida.

Com estas ferramentas à disposição, inovar não parece mais uma tarefa tão difícil e incerta. Não é mesmo?

Escrito por: Vitor Alexandre, Consultor – UCJ

Palavras-chave: , , , ,

Categoria: , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *