Projeto Gourmet da Carne

setembro 11, 2015 4:02 pm

Contextualização

O projeto Gourmet da Carne realizado no período de novembro de 2014 a abril de 2015 consistia em um EVE (estudo de viabilidade econômica) embasado inicialmente por uma análise mercadológica. Por se tratar de um mercado de carnes premium, pouco conhecido em Belo Horizonte, os empresários precisavam conhecer as peculiaridades do modelo de negócios e verificar qual a viabilidade do investimento ao qual almejavam ingressar.

Como foi realizado

Na pesquisa mercadológica, primeira grande etapa do projeto, os consultores fizeram uma pesquisa de mercado e também com os players de mercado de outros estados. Dessa forma, conseguiram definir o público-alvo, a estrutura do negócio e as estratégias de posicionamento no mercado.

Conhecida a estrutura do negócio, foram levantados o CAPEX, OPEX e a participação de cada produto nas vendas. Logo em seguida, os produtos foram precificados de acordo com uma margem de lucro desejada e o percentual para cobrir os custos e despesas do empreendimento.

Porém, na consolidação do EVE, os consultores identificaram a sensibilidade de uma das variáveis mais importantes na projeção da receita, a demanda. Essa sensibilidade era determinante para o sucesso ou o fracasso do empreendimento. Portanto, análises complementares foram feitas para reversão desse quadro, como por exemplo, o estresse da demanda em três diferentes cenários: pessimista, moderado e otimista.

Quais foram os resultados

A sensibilidade dessa variável mostrou a importância do plano de ação pautado no marketing mix. O resultado financeiro otimista para o modelo de negócio era dependente do posicionamento adotado com bases nas estratégias mercadológicas definidas na primeira etapa do projeto. Com o intuito de consolidar essas ações, a criação de uma agenda de riscos se fez necessária para que todas as estratégias e resultados otimistas fossem alcançados pelos empreendedores.

Categoria: ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *