Melhore o desempenho de sua empresa com os Subsistemas de Recursos Humanos

novembro 24, 2016 10:00 am

Para garantir os melhores resultados, a administração de recursos humanos pode ser dividida em cinco subsistemas de RH: provisão, aplicação, manutenção, desenvolvimento e monitoração.

É fundamental que os recursos de sua empresa sejam administrados direcionando-a ao alcance de sua estratégia.

Neste artigo você aprenderá a utilizar os 5 subsistemas de RH e potencializar os resultados da sua equipe.

Recursos Humanos: Subsistemas de RH

Subsistemas de RH para Provisão de Recursos Humanos:

São as atividades de suprimento de recursos humanos, como recrutamento, seleção, e entendimento da atual situação do mercado.

Tem o objetivo de entender o que tem sido feito no mercado referente a recrutamento, seu posicionamento e tendências. O estudo deve ser realizado frequentemente, entendendo como aproximar a demanda por trabalho e as vagas compatíveis com seu perfil.

Com entendimento de mercado, a empresa deve recrutar os melhores profissionais para suas vagas. Para isso, devem ser adotadas estratégias para divulgação de suas oportunidades de emprego, direcionadas para candidatos com o perfil desejado.

Com os talentos devidamente recrutados, a empresa poderá avaliar as habilidades dos mesmos na etapa de seleção. Seu objetivo é identificar, dentre as pessoas que possuíam os requisitos mínimos, as que possuem o perfil mais adequado para as vagas que concorrem.

Pragmaticamente, a etapa de seleção é onde compara-se o perfil dos recrutados com as características esperadas para o preenchimento das vagas. Para essa comparação, são realizadas entrevistas, provas, testes de personalidades, e tudo que possa trazer insumos para a seleção.

Por fim, é interessante tomar iniciativas para integrar os novos funcionários no cotidiano da empresa, buscando ambientá-los aos moldes da organização para que se adaptem o mais rápido possível.

Subsistemas de Aplicação de Recursos Humanos:        

O Subsistema de Aplicação tem como principais objetivos avaliar o desempenho dos funcionários e descrever os cargos da empresa. É preciso levantar as informações necessárias, tanto relacionadas aos cargos, quanto ao desempenho dos atuais funcionários.

Desta forma, a Aplicação busca esclarecer as atribuições dos cargos da empresa, explicitando o que, quando, como, onde e porque cada tarefa deve ser realizada, esclarecendo onde esta se encaixa na estratégia da empresa. Devem ser explicitadas ainda as características mínimas que um funcionário deve possuir para executar o cargo.

Com os cargos definidos, criam-se métricas para medir o desempenho de cada funcionário, sendo interessante a adoção de métricas específicas para alguns cargos. Para tanto, deve-se levantar informações que sejam relevantes sobre os pontos de melhoria do funcionário. Posteriormente, essas devem ser compartilhadas em uma rodada de feedback.

As avaliações de desempenho também são muito importantes para nortear decisões quanto ao corpo de colaboradores da empresa. Elas trazem informações sobre os funcionários que vem apresentando constante desempenho abaixo ou acima do esperado. Essa ferramenta auxilia nas decisões de demissão, ou de promoção baseadas no desempenho de cada trabalhador.

Subsistemas de RH para a Manutenção:

Esse subsistema se preocupa em maximizar a satisfação e a motivação dos funcionários. É responsável por iniciativas que busquem recompensar esforços e propor desafios, fazendo com que os funcionários sintam que estão evoluindo na carreira e na empresa.

Os trabalhadores costumam julgar a equidade de seus salários dentro da empresa, comparando suas tarefas com as dos demais colaboradores. Quando identificada uma desigualdade, tende a ficar muito desmotivado, e essa situação pode causar desde baixa produtividade até encargos trabalhistas.

Para garantir que a empresa trabalhe com salários justos e compatíveis com o mercado, deve haver uma avaliação criteriosa e classificação dos cargos, alinhados com um acompanhamento constante dos valores pagos no mercado.

A avaliação dos cargos fornece não apenas critérios para que o funcionário receba um valor que o motive, mas também um valor que seja condizente ao retorno que este entrega à empresa.

Outra forma de criar uma percepção de valor aos funcionários é com a adoção de benefícios – planos de saúde, transporte, refeições, etc. São formas de garantir a manutenção de sua motivação. Atualmente estes benefícios são requisitos mínimos de uma boa vaga de emprego.

É importante também que a empresa se preocupe com a segurança e higiene do ambiente de trabalho, oferecendo as condições necessárias para que o trabalho seja desenvolvido com qualidade.

Subsistemas de RH para o Desenvolvimento:

Dentre os mais diversos recursos disponíveis à uma organização, as pessoas são as únicas capazes de se desenvolver e adquirir novas habilidades e conhecimentos.

O Subsistema de Desenvolvimento busca otimizar esse aperfeiçoamento, para que todos os colaboradores atinjam seu potencial máximo.

A empresa deve garantir que o funcionário tenha um desenvolvimento condizente com seu cargo, dando condições para esse aprendizado. Este deve ser estimulado por treinamentos e através do envolvimento cada vez maior na empresa.

Subsistemas de RH para o Monitoramento:

Por fim, o Subsistema de Monitoramento tem como objetivo acompanhar o desempenho de forma individual, aplicando rotinas de mensuração e auditoria sobre os recursos humanos da empresa.

Utilizando rotinas de feedback, esse subsistema atua para averiguar se as diferentes áreas da organização estão trabalhando conforme o previsto. São estabelecidos padrões desejados e observados os desempenhos dentro dos mesmos, tomando medidas para corrigir eventuais gaps.

Todos os dados levantados devem ser salvos em um banco de dados – por exemplo, no excel. Então os gerentes podem utilizar as informações relevantes para tomarem medidas corretivas e preventivas. Com os dados devidamente coletados, os processos devem ser auditados para garantir que as práticas estão ocorrendo da maneira correta.

 

Colocando-se em prática estes 5 Subsistemas de RH, o alcance de resultados torna-se realidade na empresa. Você conhece agora as ferramentas necessárias para potencializar os seus Recursos Humanos.

Gerenciar é alcançar metas por meio de equipes de alto desempenho. Dê mais um salto na sua gestão de pessoal com o nosso artigo: Como formar equipes de Alto Desempenho

Palavras-chave: , , ,

Categoria: ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *